• 28 de fevereiro de 2024

Comércio e serviços na Bahia terão R$ 113,1 milhões do BNB

imagem: Catraca Livre

Os setores do comércio e de serviços terão suporte de R$ 113,1 milhões do Banco do Nordeste (BNB) para incrementar suas atividades no final do ano. O banco anunciou a disponibilização de R$ 2,2 bilhões em crédito para os setores nos estados de sua área de atuação. Na Bahia, o valor total R$ 113,1 milhões está à disposição das empresas. Os recursos injetados geram a expectativa de criação de três mil empregos e representarem ganhos salariais de R$ 46 milhões nesse período.

Segundo o BNB, até o final do terceiro trimestre, comércio e serviços na área de atuação do BNB contrataram R$ 5,3 bilhões em mais de 20 mil operações de crédito. Os recursos são do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e a taxa de juros bastante é a partir de 0,79% ao mês.

A medida foi elogiada pelo ​presidente da Fecomércio-BA (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia), ​Kelsor Fernandes. “Esse montante, disponibilizado ao fim do ano e com taxas competitivas, será de grande valia para o fomento ao comércio varejista, na ampliação de estoque, como também para o comércio de serviços. Esperamos que o micro e o pequeno empresário baiano também consiga acessar a esse crédito”, afirma.

SALÁRIO E IMPOSTOS

O superintendente do BNB na Bahia, Pedro José de Lima Neto, destaca que a iniciativa visa contribuir para o aquecimento do setor. Segundo estimativa do Etene, os R$ 2,2 bilhões em créditos devem gerar R$ 750 milhões em massa salarial e R$ 264 milhões em impostos. Se os R$113 milhões forem contratados em novembro e dezembro, serão convertidos em R$46,2 milhões de massa salarial e R$ 18,8 milhões em impostos na Bahia.

com informações do Bahia de Valor

Post Anterior

Vendas pela internet somam mais de R$ 3,4 bilhões na Black Friday

Próximo Post

Lista de doenças relacionadas ao trabalho é atualizada