• 28 de fevereiro de 2024

Na Câmara, Augusto Vasconcelos destaca luta do SintraSuper no Carrefou

A luta desenvolvida pelo SintraSuper em defesa dos funcionários do Carrefour ganhou destaque na Câmara Municipal de Salvador. Em pronunciamento na Casa, o vereador Augusto Vasconcelos (PCdoB) expressou preocupação com o fechamento de lojas da rede na capital, um ano após desembarcar em solo baiano.

Segundo o parlamentar, além do impacto direto nos funcionários, a medida resulta em efeitos devastadores para fornecedores, promotores e terceirizados, totalizando a estimativa de 4 mil postos de trabalho perdidos. “O grupo possui presença em todo o território nacional, com mais de 40 lojas de diferentes formatos de varejo, Cash&Carry e Clube de Compras. O balanço da empresa não apresenta prejuízos. Pelo contrário, apresenta lucros. O fechamento dessas lojas prejudica, sobretudo, os trabalhadores”, destacou.

Em seus materiais de divulgação, o Sindicato lembra que, em março de 2021, o Carrefour anunciou a aquisição do Grupo BIG (antigo Walmart) por R$ 7,5 bilhões, com objetivo de expandir sua presença no Nordeste e no Sul do Brasil. Mas, em 26 de dezembro de 2023, a empresa divulgou o encerramento de operações em grande parte das lojas na Bahia, Ceará, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

Vasconcelos destacou ainda que o SintraSuper desenvolve importantes ações em Salvador, para e chamar atenção da sociedade e mobilizar os funcionários (tem ato no dia 30, no Bompreço da Avenida Centenário/Barra). O vereador destacou a presença na Festa do Bonfim, quando a entidade levou uma faixa com o texto: “Carrefour contra os baianos. Devolva nossos 4 mil empregos”. Além disso, tem propaganda na TV Bahia, manifestações nas lojas e estações de transbordo, além de cartazes colados pela cidade.

Post Anterior

SintraSuper denuncia Carrefour com ato na Estação da Lapa

Próximo Post

Solidariedade e força marcam ato do SintraSuper contra o Carrefour